Estudo realizado pela Sílvia Serra Fernandes na Universidade de Aveiro sobre a Musicomeditativa®

Estudo na Universidade de Aveiro sobre a Musicomeditativa® (Crisom Meditare)

Musicomeditativa®

Técnica que une música e meditação com o objetivo de gerir as emoções.

A Musicomeditativa® (anteriormente designada por crisom meditare) é uma técnica que une meditação e música enquanto terapia e foi desenvolvida pela Sílvia Fernandes Gomes desde 2008, hoje em dia já há formação para que outros profissionais possam orientar a técnica a terceiros.
A Musicomeditativa ® tem como objetivo principal usar a música para combater o stress do dia-a-dia. A sociedade vive numa fona, é preciso parar, aprender a parar, parar com prazer e sabedoria.
Falando um pouco sobre o estudo científico que fiz em 2016 na U.A. sobre a técnica:

Em primeiro plano propus-me a perceber qual a importância do som/música dentro desta prática meditativa?

E após alguns sessões pode-se concluir que o factor som/música tem um papel extremamente importante para o praticante de meditação tornando, essencialmente, a prática num momento mais intenso, agradável e prazeroso.

Surge então outra questão. Qual seria a diferença de uma prática meditativa ser acompanhada de som/música acústica ao vivo versos um cd?

Escusado seria dizer que uma música ao vivo (acústica), pensada, estruturada é muito mais agradável e proporciona um relaxamento muito mais intenso que um som/música de cd. Enquanto que ao vivo se ouve e se sente as vibrações sonoras, através do cd o som/música permanece apenas no ouvido, não há uma propagação por todo o corpo, logo o relaxamento mental e corporal é menor.

Posteriormente precisava compreender se qualquer música ao vivo proporcionaria esse efeito agradável, intenso e relaxante dentro da prática? 

E chegou-se à conclusão que uma meditação onde se toca instrumentos sem uma lógica, sem uma sequência, usando como única fonte a improvisação não torna a prática tão agradável nem tão intensa para o praticante como a Musicomeditativa®. Aliás muitas vezes a “falta de cuidado a tocar” pode mesmo proporcionar um desconforto quer musical quer meditativo. Costumo dizer que o som/música pode curar desde que bem usado, bem induzido, mas quando é feito mau uso dele, pode matar. E normalmente as pessoas acham que eu exagero, mas é a pura verdade: um som/música pode matar. É preciso compreender que o ouvido é limitado e quando os decibéis passam os 120 pode mesmo criar-se uma rotura no tímpano e gerar surdez. E surdez é somente 1 de muitos problemas que se pode adquirir através do mau uso do som/música. Lembro que o corpo é uma máquina onde tudo funciona em sincronia, quando há uma falha, afectará tudo o resto, a curto ou longo prazo.

Por fim quis perceber os benefícios desta técnica?

Concluiu-se que auxiliava na libertação  de stress, aumenta a energia, diminui as dores crônicas e agudas,  controla das emoções, fortalece o sistema imunológico, proporciona maior foco, atenção, concentração, autoconhecimento, entre outras.

Qual é a diferença da Musicomeditativa® de outras técnicas de meditação?! 

Não descurando, nem desvalorizando outras técnicas de meditação, a Musicomeditativa® tem uma estrutura meditativa sequencial que facilita o relaxamento corporal e mental, tem uma música específica que acompanha e intensifica todo o processo, é uma terapia de grupo ou individual nomeadamente no controle de stress (causador de inúmeras patologias na nossa sociedade) e na gestão emocional, é uma técnica que requer um profissional qualificado, é uma técnica cujos os benefícios se encontram comprovados cientificamente.

© 2016 Sílvia Fernandes Gomes

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Morada:
Rua João Simões Costa - Aveiro
Telefone:
913932006
Email:
geral@crisom.pt